Crítica | Doctor Who: Before The Flood


image


É bem raro ver o Doctor falando com o público diretamente – a primeira vez foi William Hartnell desejando feliz natal no especial “The Daleks’ Master Plan” – mas é assim que começa o episódio Before The Flood. O Doctor explica o Bootstrap Paradox e sim eu pausei o episódio para pesquisar no google. Apesar de ser um conceito muito presente na série, não me lembro dele ter sido explicado  – além do wibbly wobbly timey wimey, com Tennant  – a definição é a seguinte: “O paradoxo de bootstrap é um paradoxo da viagem no tempo em que as informações ou objetos podem existir sem ter sido criados”.

Pudemos ver o Paradoxo de Bootstrap no último episódio de The Flash, quando o uniforme do herói foi alterado baseando-se no que tinha sido visto do futuro. Então quando se teve a ideia original? Mas esse é só um dos pontos interessantes do episódio e eu nem falei da intro ainda.

Que o Doctor de Peter Capaldi é um rebelde já tá mais do que certo, até o visual mais arrumadinho dele ainda era bem punk e a abertura desse episódio combina bem com esse estilo, por isso espero que mantenham pelo menos nessa temporada. Vale a pena lembrar que Capaldi de fato tocou em uma banda punk quando mais jovem e sim era ele mesmo tocando a intro nesse episódio. Confira abaixo:




A conclusão do plot criado por Toby Whithouse se situa na Escócia, em uma abandonada maquete gigante de uma cidade da União Soviética em 1980, em plena Guerra Fria, e que servia de campo de treinamento. E em certo momento temos uma referência a Back To The Future 2, enquanto assistimos o Doctor e Bennet se esconderem de si mesmos 30 minutos no futuro.

Toda essa confusão, 2 Doctors, 2 Bennets, 1 O’Donnell, 1 Fisher King e 1 Prentis é causada quando o Doctor entra em contato com a Clara e ele se comunica com seu próprio fantasma. Logo descobrimos que o fantasma do Doctor não fala as mesmas palavras que o restante, mas na verdade fala o nome dos tripulantes na ordem em que morreram (ou morrerão). Mas o Doctor pensou nisso muito antes do fato ser revelado para nós e até tentou impedir a morte da próxima da lista, O’Donnell, mas não fez lá muito esforço. Comprovando sua teoria, temos então a morte dela pelas mãos do Fisher King, o que é uma pena, pois ela daria uma boa companion.

BOOM! O próximo nome é o da Clara e já sabemos como nosso Time Lord fica quando alguma coisa ameaça a segurança dela. Ele entra no modo “não existem regras, eu faço o que eu quiser” e resolve agir, voltar no tempo e salvar a Clara de qualquer forma, e claro toma um merecido esporro de Bennet. COMO ASSIM VOCÊ SÓ RESOLVE AGIR QUANDO A TRETA É COM VOCÊ? Mas algo pode sim impedir seja lá qual for a ação maluca do Doctor. A TARDIS, ela não viaja para onde (ou quando) o Doctor queria, mas sim para alguns minutos antes.


image


Sendo assim, o Doctor pede que Bennet fique na TARDIS enquanto vemos ele tentar mudar o que vai acontecer de alguma forma. Ele vai conversar com o Fisher King e temos um diálogo bem bacana entre os dois e de novo nosso Time Lord leva um puxão de orelha: Fisher King jogou na cara dele que ele só quer saber de morrer e é covarde em mudar algo para não ter que enfrentar as consequências. Uma chamada de atenção que tirou o Doctor do eixo.

Na sequência vemos o Doctor vencendo da melhor forma possível, usando diálogos e truques. Ele engana o Fisher King, dizendo que ele já resolveu tudo, que apagou as inscrições na parede e o cara cai direitinho. Vai checar e vê que o Doctor mentiu, mas aí já é tarde demais e inundação já começou.

Antes de prosseguir para os momentos finais do episódio, queria ressaltar que apesar do estilo Predador do Fisher King e dos gritos que foram feitos pelo Corey Taylor, não tive a oportunidade de sentir medo dele. Achei que ele não foi tão bem explorado assim e a cena assustadora de verdade ficou por conta de Cass e um dos fantasmas. Nessa cena Cass está sozinha sendo seguida por um fantasma e eu fiquei aflita! Ela não ouvia nada (afinal a tanto a personagem quanto a atriz são surdas), Cass então percebe a aproximação do fantasma por conta da vibração do machado sendo arrastado no chão. Sabe quem mais era surdo? Beethoven, citado pelo Doctor no começo do episódio. Um belo de um easter egg na minha opinião.


image


Outra coisa bacana desse episódio é que vemos o protocolo da TARDIS ser ativado e temos o holograma do 12th aparecendo pela primeira vez. Bennet é levado de volta a base pela TARDIS no piloto automático e o Doctor pega o caminho mais longo, hibernando na câmara em que nós achávamos que estava o Fisher King.


image


O final do episódio é um pouco corrido demais pro meu gosto. De repente o Doctor acorda de um sono de 150 anos, encontra Clara e cia e resolve toda a trama usando seu fantasma, que descobrimos ser na verdade um holograma, para atrair os outros fantasmas e prendê-los na gaiola. Então ele apaga a mensagem da cabeça de todo mundo e pronto, é isso.

Temos uma cena muito bonita para compensar o final meio desastrado, quem morreu ficou morto, então vemos Bennet lamentando por não ter confessado seu amor por O’Donnell. Ele questiona o que vai fazer agora e vemos uma ação muito bonita da Clara dizendo pra ele “Seguimos em frente”, revivendo o luto por causa do Danny, mas com uma mensagem positiva agora. Em seguida presenciamos a cena mais cute ever que é a declaração de Lunn para Cass, eles se beijam e eu choro. Ficamos então com uma mensagem de amor que só o Doctor não entendeu.

E vocês, o que acharam desse two-parter? Ansiosos para o próximo episódio, The Girl Who Died, com Maisie Williams e vikings? Não deixem de comentar suas teorias e opiniões!

COMENTÁRIOS

Nome

A Casa de Vidro,1,A Colina Escarlate,1,A Espada do Verão,1,A Garota Dinamarquesa,1,A Garota do Trem,1,A Menina Distraída,1,A Noiva Fantasma,1,A Saga do Bruxo Geralt de Rívia,2,A Toca das Fadas,1,A Torre Negra,2,A Última Era,1,Alan Goldsher,1,Alexandra Bracken,1,Alice Através do Espelho,1,Amazon,1,AMC,3,American Horror Story,1,Amnesia,1,Ana Cristina Rodrigues,1,Android,2,Andrzej Sapkowski,1,Animacoes,6,Animais Fantásticos e Onde Habitam,2,Anna Fagundes Martino,1,Antologias,1,Apenas um Show,2,Arkane Studios,1,Arqueiro,1,Arrow,1,Artigos Cinema,4,Artigos Jogos,3,Artigos Literatura,12,Artigos Música,1,Artigos Séries,4,As Gêmeas do Gelo,1,Back To The Future,1,Batman,2,Batman Day,1,Batman: Arkham VR,1,Bear Grylls,1,Bertrand Brasil,2,Bethesda,1,Bienal do Livro 2016,3,Biohazard,1,Blindspot,2,Blood and Wine,1,Bob Dylan,1,Book4You,1,Branca dos Mortos e os Sete Zumbis,1,Bruno Bock e Rolandinho,1,Capitão Planeta,1,Carlos Fleury,1,Carol Rossetti,1,Cartoon Network,1,CD Projeckt RED,2,Chameleon Circuit,1,Charlie Choo-choo,1,Christopher Lloyd,1,Chromecast,1,Chuck Wendig,1,Cinema,21,Clara Madrigano,2,Companhia das Letras,1,Contos,1,Contos do Dragão,1,Cores,1,Cosplay,1,criticas-cinema,3,criticas-series,28,Cthulhu Virtual Pet,1,Curiosidades,1,CW,8,DarkSide,1,Daydream,1,DC,13,DC's Legends of Tomorrow,1,De Volta Para o Futuro,3,Dia da Toalha,1,dia das crianças,7,Dia do Baterista,1,Dia do Orgulho Nerd,1,Dishonored 2,1,Disney,1,Doctor Who,16,Douglas Adams,1,EA Acess,1,EA Games,1,Editora Aleph,1,Editora Dame Blanche,1,Editora DarkSide Books,1,Editora Draco,7,Editora Hedra,1,Editora Lendari,2,Editora Mundo Uno,1,Editora Novo Conceito,2,Editora Record,3,Editora Selo Jovem,6,Ensaio Sensual,1,Especial Natalino,1,Estilo,1,eventos,3,Fábio Yabu,1,Fear The Walking Dead,1,FML Pepper,1,Fotografia,1,Galera Record,1,Game of Thrones,1,Gameplay,1,Games,4,Géssica Marques,2,Gilmore Girls,1,God Hand,1,Gone Home,1,Google,1,Google Wifi,1,Guardiões da Galáxia,1,Guilhermo Del Toro,1,Halloween,1,HarperCollins,1,Harry Potter,4,Heroes,2,Heroes Reborn,2,Hijab,1,HOP,1,Horror em Gotas,1,HQs,7,Hulu,1,Indiecacao,3,Into The Badlands,1,Inverso,1,iOS,2,Iron Heart,1,Iron Man,1,It: A Coisa,2,iZombie,1,J. R.R. Tolkien,1,J.K. Rowling,1,Jackaby,1,Jessica Jones,1,Joe Schreiber,1,jogos,16,Johnny Depp,1,Journey,1,Joyland,1,Jumanji,1,Justiceiro,1,Karen Alvares,2,KDP,1,Kindle,1,Kingdoms of Amalur,1,lançamentos,4,lancamentos-cinema,2,lancamentos-livros,7,Leandro Souza,1,LEGO,1,Leonardo DiCaprio,1,Life is Strange,2,Liga da Justiça,1,listas-series,1,Livros e HQs,63,Lobo da Estepe,1,Lost,1,Maníacos Por Comics,1,Marcas da Guerra,1,Marjane Satrapi,1,Maroon 5,1,Marvel,5,Maze Runner,1,Mestre Gil de Ham,1,Microcontos de Fadas,1,Mirror's Edge,1,mobile,3,Mr. Robot,1,Mulan,1,Mulher Maravilha,2,Mulheres,1,Música,6,musica-nerd,1,Mystery Box,1,Nancy Holder,1,Não Pare!,1,NerdJam,1,NerdLoot,1,NerdSpell,1,Netflix,7,Netflix vs Prioridades,1,News,53,Novembro de 63,3,Novo Conceito,1,Novo Século,1,O Despertar da Força,3,O Futuro Vem da Tinta,1,O Guia do Mochileiro das Galáxias,1,O Prisioneiro dos Daleks,1,O Último Desejo,1,O Último Gargalo de Gaia,1,Okami,1,Oscar,1,Overwatch,1,Parceria,9,Passengers,1,Paula Hawkings,1,PC,1,Penny Dreadful,1,Pennywise,2,Persépolis,1,Pipocando,1,Pixel,1,Playstation,9,Poeme-se,1,Pokémon GO,3,Por Enquanto,1,Porcelana,2,Preacher,2,Prêmio Nobel de Literatura,1,Promoções e Sorteios,5,Prova de Fogo,1,PS3,1,PS4,3,Punho de Ferro,1,Queen,1,Rami Malek,1,Resenhas,32,Resident Evil,1,Resident Evil VII,1,reviews-games,7,Revista Avessa,1,Revista Geeks,1,Revista TIME,1,Rick Riordan Magnus Chase,1,Riri Williams,1,Rocco,1,Rogue One,2,S.K. Treymane,1,Sailor Moon,1,Scott Pilgrim,1,Seguinte,1,Sense 8,1,Series e TV,48,Setembro Amarelo,1,Singularity,1,Sir James Matthew,1,Sony Pictures,2,Square Enix,1,Star Trek,1,Star Wars,9,Stephen King,7,Steppenwolf,1,Steven Universe,1,Stranger Things,1,Suma de Letras,1,Supergirl,3,Superman,1,TAG,1,Tech,4,Testes e Quizzes,4,The Beatles,1,The Darnish Girl,1,The Flash,7,The Game Awards,1,The Walking Dead,1,The Witcher,5,The Witcher III,2,Tim Burton,1,Toy Story,1,Trailers,13,Trevor Baxendale,1,Troopers da Morte,1,TV Show Time,1,Um Gato de Rua Chamado Bob,1,Única Editora,1,Valentina,1,Van Helsing,1,Vanessa Bencz,2,Vanquish,1,Vans,1,Voo Fantasma,1,VR,1,Warner,3,Wattpad,1,Wayne de Gotham,1,Wild Hunt,1,William Ritter,1,WMF Martins Fontes,1,Wonder Woman,1,Xbox,6,Xbox 360,1,Xbox One,1,XONE,1,Yangsze Choo,1,Yasmin Moraes,1,Yellow Submarine,1,Zumbeatles,1,
ltr
item
NerdSide Blog: Crítica | Doctor Who: Before The Flood
Crítica | Doctor Who: Before The Flood
https://66.media.tumblr.com/a618701fc4a2a783f2bcde0dbd57e026/tumblr_inline_nw502sg2bz1tb7gy8_500.jpg
https://i.ytimg.com/vi/VKKy-r8tq8c/default.jpg
NerdSide Blog
http://www.nerdsideblog.com/2015/10/critica-doctor-who-before-flood.html
http://www.nerdsideblog.com/
http://www.nerdsideblog.com/
http://www.nerdsideblog.com/2015/10/critica-doctor-who-before-flood.html
true
69582135316299022
UTF-8
Posts Carregados Nenhum post encontrado VER TUDO Leia Mais Responder Cancelar Resposta Deletar Por Início PÁGINAS POSTS Ver Tudo Recomendado Para Você TAG ARQUIVO PESQUISAR TODOS OS POSTS Nenhum resultado encontrado Voltar ao Início Domingo Segunda-feira Terça-feira Quarta-feira Quinta-feira Sexta-feira Sábado Dom Seg Ter Qua Qui Sex Sáb Janeiro Fevereiro Março Abril Maio Junho Julho Agosto Setembro Outubro Novembro Dezembro Jan Fev Mar Abr Maio Jun Jul Ago Set Out Nov Dez agora 1 minuto atrás $$1$$ minutes ago 1 hora atrás $$1$$ hours ago Ontem $$1$$ days ago $$1$$ weeks ago mais de 5 semanas atrás Seguidores Seguir ESTE CONTEÚDO É PREMIUM Por favor, compartilhe para desbloquear Copiar Selecionar All codes were copied to your clipboard Can not copy the codes / texts, please press [CTRL]+[C] (or CMD+C with Mac) to copy